Agroecologia e Juventudes foram destaques da 18ª Semana do Meio Ambiente no Oeste Potiguar

Aproximadamente 30 jovens dos estados do Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte, participaram do encontro

Por Tádzio Estevam (Assessor de Comunicação da Diaconia)

18ª SEMEIA aconteceu no município serrano de Martins (RN)

Incluir cada vez mais as juventudes nas discussões sobre o Meio Ambiente, nas relações com a Agroecologia e no reconhecimento dos seus direitos enquanto protagonistas de suas próprias histórias. Estes foram os principais temas que permearam a 18ª edição da Semana do Meio Ambiente (SEMEIA), ocorrida entre os dias 05 e 07 de julho no município serrano de Martins, no Oeste Potiguar, 367 quilômetros de Natal (RN). A SEMEIA foi uma realização da Diaconia e entidades parceiras.

Aproximadamente 30 jovens dos estados do Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte — três dos quatro territórios de atuação da Diaconia — , participaram do encontro. As atividades foram desde a integração ao ar livre, troca de experiências nos territórios, palestras, dinâmicas de grupo, até a produção de conteúdo por meio de uma oficina de produção e edição de vídeo no celular, equipamento tecnológico mais utilizado pelas juventudes.

Kellinson Rocha desenvolve trabalhos sociais e comunitários no Alto Oeste Potiguar

O jovem Kellinson Rocha, do sítio Arapuá, no Alto Oeste Potiguar, afirmou a importância de ter participado da SEMEIA e de ter trocado experiências com os outros jovens. “Aqui tivemos a oportunidade de construir junto às juventudes caminhos para desenvolver um agrossistema ecologicamente sustentável dentro de uma perspectiva de sucessão rural para nos fortalecer”. Kellinson, que ainda desenvolve trabalhos sociais e comunitários na sua região, reforça a atuação da juventude nessas esferas. “Os trabalhos sociais e comunitários levam os jovens a uma nova condição de vida, potencializando a qualidade de vida no Semiárido. A SEMEIA nos trouxe um universo de diversas experiências que estão ajudando na construção de um mundo melhor para nós, que somos jovens”.

Na SEMEIA 2018, as juventudes realizaram uma troca de experiências de seus territórios

Uma dessas experiências vem do município de Triunfo, Sertão do Pajeú. Está sendo aplicada pelo grupo de jovens que são assistidos pela organização Adessu Baixa Verde. O núcleo “Comunicar” empoderou jovens por meio da comunicação o que resultou num programa de rádio intitulado “Em Sintonia com os meus Direitos”, feito pelos próprios jovens. “Nosso núcleo visa dialogar com a sociedade sobre os direitos das crianças, adolescentes e jovens, não se calar diante das frustrações e perda desses direitos, promover a igualdade de gênero entre as famílias, além de transmitir conhecimento através de diversas mídias e resgatar a dignidade do nosso público alvo”, disse a jovem comunicadora da Adessu, Jéssica Freitas.

Comments

comments

Junte-se à campanha

Por favor, acrescente seu nome para receber atualizações por e-mail e fazer parte da campanha!