Integrante da campanha Renovar Nosso Mundo cria canal para falar sobre ecoteologia

"Eu gostaria de chamar a atenção para o fato de que a criação não é um almoxarifado de onde retiramos recursos" [Josias Vieira]

Apesar de vermos o discurso negacionista da crise ambiental e climática ganhar cada vez mais espaço, principalmente na internet, o consenso científico a respeito do assunto já é um fato há alguns anos. Há dados científicos robustos que comprovam as alterações climáticas e os resultados, infelizmente, estão cada vez mais escancarados, afetando milhares de pessoas, sobretudo, em lugares pobres.

A fim de abordar o tema a partir de perspectiva cristã bíblica, o pernambucano Josias Vieira lança no Youtube, nesta quarta-feira, 15/01, o canal Ecoteologia Decolonial. Vieira é integrante da campanha Renovar Nosso Mundo, estudante de Teologia, pastoreia o Grupo de Estudos Bíblicos Nós na Criação e membro da Igreja Batista em Coqueiral, Recife, Pernambuco.

De acordo com ele, o objetivo do canal é colaborar para o diálogo ecoteológico, bem como promover aproximações com outras manifestações religiosas a respeito da relação com a “casa comum”. Vieira também entende a iniciativa como uma função profética para denunciar o que tem sido feito de errado com a criação de Deus.

Em um bate-papo, Josias contou sobre como começou o seu interesse no assunto e deu mais detalhes sobre a abordagem do canal. Confira.

Como se deu sua aproximação e preocupação com o tema do cuidado da criação ou da ecoteologia?

Josias Vieira – Desde muito jovem, eu já era muito inclinado às questões da natureza. Lembro que a Eco92 me encantou muito, pois eu via ali uma possibilidade de ser um “cientista” e viver perto da floresta, com os animais. Depois fui descobrir que o nome desse cientista é biólogo. Mas a vida me levou para outros caminhos. Recebi o meu chamado pastoral na adolescência, mas ainda não fazia ideia de que seria tão intenso com a criação. No início da formação teológica também se iniciava o Projeto Rio Limpo, Cidade Saudável, em Recife, Pernambuco; e nele a necessidade de pastorear jovens na descoberta da relação de nossa fé com o meio ambiente. No início, eu achava que era a teologia da criação, mas logo descobri que, buscando uma relação com todo o ecossistema, entendendo o ser humano como parte dele e não como sujeito principal, fazendo essa leitura a partir dos povos indígenas e quilombolas, me encontro na ecoteologia. Não me vejo na reflexão do cuidado com a criação, porque, desse modo, estaria me colocando em um patamar, como de quem cuida, e a criação estaria em outro, necessitando dos meus cuidados; eu estaria dicotomizando o que é único – na realidade, nós coexistimos juntos, eu e a criação.

Qual o objetivo do canal Ecoteologia Decolonial? E o que você espera alcançar com ele?

Josias Vieira – O canal tem como objetivo colaborar com o diálogo ecoteológico entre o povo cristão e com outras manifestações religiosas sobre a nossa relação com a casa comum. Eu gostaria de chamar a atenção do nosso povo cristão para o fato de que a criação não é um almoxarifado de onde retiramos “recursos”. Ela é uma conosco para a glória de Deus.

Por que criar um canal para abordar o assunto, em dias em que muitos querem negar os problemas relacionados ao meio ambiente, como a crise climática?

Josias Vieira – A exemplo dos profetas que nos antecederam, a igreja precisa usar sua voz profética para fazer conhecida a vontade do Senhor e denunciar o que tem sido feito de errado. Exatamente em momentos em que pecamos contra a santidade criadora de Deus, negando as problemáticas ambientais, causadas por nós mesmos, somente aí, a partir dessa denúncia profética em espaços como este, que além de denunciar, busca construir conhecimento coletivamente, a crise climática pode ser percebida como uma das piores dessas problemáticas. Então, o objetivo do canal é colaborar nesse processo de reconhecimento do pecado da humanidade contra a santidade criadora de Deus.

O que as pessoas podem esperar do canal?

Josias Vieira – Um olhar crítico, embasado, colaborativo na construção de uma ecoteologia que nasce a partir de suas próprias bases, originárias e tradicionais, e não do que vem formatado e importado do norte global colonizador.

Quer saber mais sobre ecoteologia? Clique aqui e veja ao primeiro vídeo do canal.

Comments

comments

Junte-se à campanha

Por favor, acrescente seu nome para receber atualizações por e-mail e fazer parte da campanha!