A narrativa bíblica tem algo a dizer sobre a causa da pandemia?

Estudo bíblico sobre relacionamentos rompidos e o plano de Deus para a restauração global [Tearfund Brasil]

Um estudo bíblico sobre relacionamentos rompidos e o plano de Deus para a restauração global

Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste. Ele é a cabeça do corpo, que é a igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a supremacia. Pois foi do agrado de Deus que nele habitasse toda a plenitude, e por meio dele reconciliasse consigo todas as
coisas, tanto as que estão na terra quanto as que estão no céu, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz. Colossenses 1:15-20 (NVI)

Reflexão

Vivemos em um mundo corrompido. Esse corrompimento é evidente sempre que há injustiça, pobreza, corrupção, ganância, violência e danos ao meio ambiente. Segundo o Banco Mundial, 10% da população mundial vive com menos de 2 dólares por dia. Semelhantemente, o Unicef afirma que, para cada mil crianças nascidas, 39 morrerão antes dos 5 anos de idade por conta de doenças evitáveis. A Organização Mundial da Saúde estima que uma em cada três mulheres em todo o mundo sofre violência física e/ou sexual cometida por um parceiro íntimo ou violência sexual cometida por outra pessoa durante a vida. O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente também afirma que a mudança ambiental que varre o mundo está ocorrendo em um ritmo maior do que se pensava anteriormente.

Quando pensamos sobre as causas dessas situações tão complexas de dor e sofrimento, percebemos que todas elas são apenas sintomas de uma causa raiz mais profunda. Essa causa raiz pode ser encontrada em Gênesis 3, quando a raça humana escolheu ultrapassar os limites estabelecidos por Deus e, como consequência, rompeu o relacionamento divino que tinha com ele. Os versículos 8 a 10 mostram alguns dos efeitos do rompimento do relacionamento com Deus: vergonha, desconexão e medo.

Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim. Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: “Onde está você?” E ele respondeu: “Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi”.

No entanto, os relacionamentos que foram rompidos em Gênesis 3 não eram apenas entre Deus e a raça humana; outros relacionamentos também foram prejudicados: consigo mesmo, com os outros e com toda a criação. Uma leitura atenta de Gênesis revelará os efeitos do corrompimento nessas outras dimensões. A Bíblia deixa claro que Deus, as pessoas e o mundo natural em geral estão intimamente interconectados; portanto, se um aspecto se corrompe, tudo é impactado.

Por mais difícil que seja ouvir, a pandemia da Covid-19 não é um “desastre natural”. Pelo contrário, é um desastre criado por nós mesmos. Os vírus passam de uma espécie para outra e infectam os seres humanos. A destruição ambiental aumenta a probabilidade de isso acontecer, com maior frequência, à medida que as pessoas passam a ter um contato mais próximo com animais portadores de vírus. Desmatamento, mineração, comércio de carne de animais silvestres, tráfico de animais e práticas agrícolas não sustentáveis são possíveis fatores causadores. O desespero causado pela pobreza e a ganância que caracteriza a riqueza sustentam um sistema global que está fundamentalmente em desacordo com a intenção original de Deus de que haja shalom entre todas as coisas.

Admitir essa realidade não é a mesma coisa que dizer que Deus a causou ou desejou, ou que resulta do julgamento de Deus. Pelo contrário, isso significa admitir que o estado atual da criação e o pecado sistêmico e individual são fatores contribuintes para o surgimento e a disseminação de coisas que prejudicam a todos nós. Deus criou um mundo onde todas as coisas estão interconectadas e onde há consequências naturais quando essas conexões são rompidas.

A resposta de Deus a essas desconexões multifacetadas é Jesus, que veio ao nosso mundo sofrido para que todas as coisas voltassem a subsistir, bem como para reconciliar consigo todas as coisas, tanto as que estão na terra quanto as que estão no céu, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz (Cl 1:17-20).

A boa notícia é que, em Jesus, há esperança para o nosso mundo corrompido. Em Cristo, nossos relacionamentos com Deus, conosco mesmos, com outras pessoas e com toda a criação podem ser reconciliados e restaurados. Isso nos dá a esperança de que um futuro melhor seja possível. Podemos construir um mundo melhor, que demonstre o desejo de Deus por conexões harmoniosas e relacionamentos restaurados para o bom mundo criado por Deus.

Perguntas para reflexão

1. Leia Gênesis 3 e identifique os sinais dos relacionamentos corrompidos multifacetados: com Deus, consigo mesmo, com os outros e com toda a criação.

2. Como você experimentou os sintomas do corrompimento em sua vida pessoal e em sua comunidade?

3. Como esse corrompimento da criação está ocorrendo em sua comunidade local durante a crise de Covid-19?

4. Imagine como as relações restauradas com Deus, consigo mesmo, com os outros e com toda a criação podem contribuir para sanar o nosso mundo degradado.

5. Se Deus está, em última instância, trabalhando para reconciliar e restaurar todas as coisas, o que você sente que Deus está fazendo neste momento em sua própria vida, mesmo durante a pandemia de Covid-19? O que você acha que Deus está fazendo em sua igreja e em sua comunidade local? Em que áreas Deus está atuando para restaurar o que foi corrompido? Deus pode estar convidando você para participar dessa obra redentora?

6. Ao sair das condições iniciais extremas da Covid-19, poderemos nos perguntar que tipo de mundo desejamos construir daqui para a frente. Podemos nos arrepender do mundo que criamos, procurando construir um mundo sem um abismo tão grande entre os ricos e os pobres — um mundo que nos permita viver em harmonia com a criação? Um mundo em que entendamos que o bem-estar de um está ligado ao bem-estar de todos?

Nota: Estudo publicado originalmente por Tearfund Brasil. Clique aqui e baixe o estudo bíblico na íntegra.

Foto: SMSUrb / PMPA.

Comments

comments

Junte-se à campanha

Por favor, acrescente seu nome para receber atualizações por e-mail e fazer parte da campanha!